Learning role in society

Learning role in society

Entrevista Revista Pessoal de Janeiro de 2012.

https://www.facebook.com/ProjectGREAT?fref=ts 
Entrevista Revista Pessoal de Janeiro de 2012.
Q1. Etelberto, em termos muito resumidos, em que é que consiste o Projecto Great?
O Great – Gamebased Research in Education and Action Learning (E-mail: great@apg.pt e http://projectgreat.org) é um projecto europeu que tem um financiamento de 75% do programa Leonardo da Vinci. Através da Agência para a Aprendizagem ao Longo da Vida e que visa dotar os agentes de formação e educação de metodologias e ferramentas para o uso adequado de jogos no processo de aprendizagem.
Fá-lo através da transferência de inovação, anteriormente desenvolvidas no Projecto Engage Learning (www.engagelearning.eu) um dos considerados como melhores práticas europeias e distinguido e galardoado em diferentes momentos e organizações.
O Great está focado em pesquisa&investigação de aprendizagem para a Educação e Formação focando na aprendizagem de adultos em contexto de trabalho.

Q2. Este projecto, não obstante ser liderado a partir de Portugal, conta com vários parceiros internacionais.
O Great teve o seu seminário de lançamento em 04 de Novembro no Isla-Lisboa (online estiveram diversos parceiros e convidados) e a sua primeira reunião de PD_Parceria de Desenvolvimento em 10 de novembro e 11 em Bucareste, Roménia. Nesta primeira reunião decidiu-se sobre o fluxo de trabalho, metodologias de forças tarefa sua gestão, plano de comunicação e de gestão.
A PD integra:
  • APG Português Associação de Técnicos de Recursos Humanos e Gestores, que lidera e gere.
  • FH JOANNEUM Universidade de Ciências Aplicadas - Graz, Áustria, que lidera a investigação e transferência de know-how e inovação;
  • MERIG Instituto Europeu de Investigação Multidisciplinar - Graz, Áustria que controla a qualidade dos trabalhos.
  • AIF Associação Italiana de Formadores - Milão, Itália que coordena a pilotagem de produtos de Formação.
  • iZone ks - Bucareste, Roménia e Universidade de Gazi -Ancara, Turquia que coordenam a disseminação exploração de produtos.
A próxima reunião da PD está agendada para Graz, na Áustria de 26 a 29 fevereiro de 2012 e aí se fará uma reflexão, com convidados sabedores, sobre o “state of the art”, a certificação de aprendizagens informais e as respostas que podem orientar politicas europeias na educação/formação.
Q3. A ideia da aprendizagem através dos jogos não é nova. O projecto GREAT pretende marcar a diferença em que aspectos?
De facto só muito recentemente o GBL (Game Based Learning) está focada em aquisição de competências do que em conhecimentos.
E, por isso, estamos muito centrados naquilo que alguns (erradamente, visto que toda a actividade humana é passível de mensuração. Cross; 2009) designam por Resultados Intangíveis:
    • Aumentar o gosto pela aprendizagem e pelo ensino através do uso de jogos;
  • Desenvolver a compreensão do potencial dos jogos para a aprendizagem;
  • Desenvolver em vários agentes europeus da Educação/Formação a consciência da importância dos jogos como ferramenta pedagógica;
  • Contribuir para a revolução do processo de ensino-aprendizagem europeu e para a mudança do seu paradigma de Educação/Formação;
  • Contribuir para o reforço da investigação sobre a certificação de aprendizagens informais.

Q4. E a que se refere o GBL?
Está na sua infância. O GBL é um conjunto de aplicações, metodologias e abordagens que podem ajudar a superar muitas das fraquezas de grande parte do e-learning e da ast-aprendizagem sustentada em tecnologia que é percebida como reproduzindo velhos padrões educacionais de transferência e estilo de aprendizagem experiências com novas tecnologias, ao invés de construir ambientes de exploração autónoma e personalizada.
De Freitas (uma investigadora britânica de ascendência portuguesa) acredita que "através da criação de jogos como metáforas, crianças e adultos, podem utilizar dramatizações e formas narrativas para imaginar e criar empatia com outras pessoas, com eventos da história ou com potenciais cenários do futuro, para experimentar e ensaiar competências em ambientes seguros e protegidos. "(De Freitas 2006, p. 6)
Ou ainda como escreve a nossa investigadora principal : “As skills and abilities are attained, the player advances through the game and increments their knowledge.”(Kearney & Pivec, 2007)
A diferença é que agora as pesquisas e estudos fundamentam r4esulatdos do GBL e são agora corroboradas pelos pensadores e fazedores de opinião na comissão europeia

Q5. O Etelberto é o coordenador do projecto, que terá a duração de dois anos. À partida, quais são as metas que o GREAT pretende atingir?
Até Outubro de 2013 definimos as seguintes fases/momentos:
  • WP1 – Gestão do Projeto
  • WP2 – Análise conjunta da Parceria
  • WP3 – Pacote de Treino/Formação e Relatório Conjunto
  • WP4 – Accuse Piloto para teste
  • WP5 – Disseminação e exploração
  • WP6 – Avaliação e garantia de Qualidade
  • WP7 – Utilização e Valorização no mercado
Os Principais produtos e resultados a serem alcançados são:
  • Catálogo de Jogos;
  • O Catálogo On-line de Comentários a cada Jogo;
  • Estrutura de workshops e orientações para a captação de motivação para a aprendizagem baseada em Jogos;
  • Pacote de Formação que inclui Ferramentas de Avaliação das Necessidades e aprendizado baseada em jogos (GBL Web Based) e conteúdos formativos em b-Learning.
Mas a ambição (quem me reconhece sabe que em projectos, crio uma visão e lhe associo um sonho) é chegar à colocação da APG como interlocutor das questões de Educação/Formação no País, num diálogo verdadeiro de stakeholders, alcançando notoriedade pelo Trabalho e pelo Pensamento a nível Europeu, desenvolvendo uma elite nas Pessoas da equipa PT Team APG/Great e em trabalho de equipa com a PD. Fazendo prova de bom uso dos dinheiros públicos que nos entregaram.

Q6. Qual é a importância deste projecto para a APG?
Servir melhor os seus associados é o compromisso desta direcção. O Great é, já em si, o resultado de um ano e meio de trabalho. Retoma uma intervenção relevante da associação: a investigação, a inovação, a pesquisa, o estudo, as tomadas de posição sustentadas.
E releva a sua equipa do Núcleo de Formadores & Coaches que tem sabido trabalhar com todos e de forma aberta na melhor tradição que é seu apanágio.
Provou-se que a APG pode liderar projectos de envergadura.

Q7. O envolvimento das empresas portuguesas é uma prioridade para o projecto GREAT?
O Público-alvo do Great é:
  • Professores, Formadores e Tutores
  • Entidades formadoras (empresas/organizações)
  • Instituições de Educação e Formação Profissional.

As empresas de Formação, no País e na Europa, são micro PME ou departamentos de grandes e médias empresas ou organizações.
E os seus clientes que perguntam?
Como faço para envolver as pessoas num caminho activo, emocionante e motivador em que se tornam exploradores e criadores da sua própria experiência de aprendizagem?
Esta questão está no começo de muitos dos debates em torno de argumentos e de aprendizagem baseada em jogos (GBL). Muitas vezes não é percebido como um método sério de tentar construir ambientes de aprendizagem. È visto até como uma abordagem preliminar a uma formação que ainda carece de desenvolvimento.
Os jogos podem mudar a Educação/Formação, de facto e de forma disruptiva, como muitos gurus o vêm afirmando e a Comissão Europeia o vem sinalizando. O Great pretende ser um dos campeões desta “Liga Europeia”!

Sem comentários:

Enviar um comentário